Serviço de ortopedia realiza prova prática para os residentes

No último sábado, 31, o serviço de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Ribeirão Preto realizou uma prova prática para os vinte e três médicos residentes e teve a supervisão dos médicos preceptores da especialidade.

A prova foi dividida em etapas, entre prática, exames físicos e teóricos, o que segundo o médico preceptor, Dr. Lucas Queiroz, é um treino simulado que auxilia na preparação dos médicos residentes para

 os casos reais que chegam diariamente no hospital. Por semana, o serviço de ortopedia da Santa Casa realiza em média trinta cirurgias.

O médico residente R2 Dr. Julio Chiocca disse que o simulado é bem elaborado e muito próximo da prova de título da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia). Ele reforça que os exercícios simulados são semelhantes aos realizados no dia-a-dia, o que os prepara para trabalhar em qualquer serviço de ortopedia.

Para o médico residente R3 Dr. Reinaldo Matheus Rocco M Junior, a prova é um diferencial, já que poucas instituições realizam simulados semelhantes, “aqui a prática a teoria andam juntas”.  O médico destacou ainda a estrutura da Santa Casa. “Realizamos muitas cirurgias no hospital, temos uma excelente infraestrutura, com materiais de qualidade e médicos preceptores muito acessíveis”, reforça.

A prova foi dividida por módulos: tenorrafia, osteossintese de radio diafisário, fixador externo de Tíbia, fixador externo de bacia, osteossintese de fêmur proximal e prova de anatomia.

Em 2019, o serviço de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Ribeirão Preto forma a 20ª turma de médicos residentes, em média são realizados cento e vinte atendimentos por dia, além disso, o simulado de ortopedia é realizado trimestralmente.

Estiveram presentes na prova os médicos preceptores Dr. Lucas queiroz, Dr. Gustavo Pelinson, Dr. Alvaro Foltran, Dr. Paulo Henrique Correa, Dr. Juan Javier, Dr. Evandro Miele, Dr. David Leite, Dr. Fabrício Sagiorato, Dr. Emerson Canella e Dr. Daniel Leão.

 

Santa Casa de Ribeirão Preto sediou encontro da Fehosp

Santa Casa de Ribeirão Preto sediou encontro da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo) na manhã de ontem, 27.
Mais de 25 hospitais filantrópicos participaram da reunião com o presidente da Fehosp, Edson Rogatti, e com a gerente técnica, Maria Fátima da Conceição.
Na pauta da reunião estavam as linhas de crédito do BNDS e FGTS Saúde, Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, realizado em Brasília, na semana passada, Educasus, entre outros.
O provedor da Santa Casa de Ribeirão Preto, Amauri Elias Calil, participou do encontro junto do superintendente, Marcelo Di Bonifacio e da diretora administrativa, Odete Mondini Guimarães.
O encontro foi promovido pela Regional de Ribeirão Preto da Federação.

Santa Casa de Ribeirão Preto inaugurou novo prédio de apoio do hospital

No final de abril, a Santa Casa de Ribeirão Preto inaugurou o novo prédio de apoio do hospital com 2500 m/2 e anunciou a conquista da Acreditação pela ONA.

A CME da Santa Casa é uma das mais completas e modernas do Estado de São Paulo, possui sistema de filtragem de água por Osmose Reversa, garantindo uma água ultrapura, que permite de maneira eficiente, a esterilização de campos cirúrgicos e instrumentais, além de proporcionar maior durabilidade dos equipamentos, reduzindo a oxidação.

Já a lavanderia possui lavadoras, extratoras, secadoras e calandra com a mais moderna tecnologia de mercado, o que permite realizar com eficiência de recursos, um processo seguro de limpeza e desinfecção da roupa hospitalar, além disso toda a água utilizada durante a lavagem passa por um sistema de filtragem de resíduos, antes de ser descartada. Também fazem parte do complexo a área destinada aos funcionários, novos vestiários, salas administrativas e área de convivência.

Segundo o Superintende do hospital, Dr. Marcelo Di Bonifacio, a obra surgiu da necessidade de adequação da lavanderia, que por meio de esforços e investimentos próprios, foi possível realizar a construção. “Ressalto também a ampliação do túnel subterrâneo que liga o hospital à unidade de apoio, o local tem mais de 50 anos de construção e comportava apenas trânsito de pedestres”.

“A obra, embora não esteja ligada diretamente a atenção ao paciente, é fundamental para os processos de segurança e qualidade dos serviços prestados em assistência, proporcionando melhores condições aos pacientes e profissionais, levando mais qualidade e segurança no atendimento”, destaca Bonifacio.

Outra importante conquista do hospital anunciada durante o evento foi a Acreditação pela ONA, o selo de Acreditado foi concedido à Instituição após por atender aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais, diagnosticado após processo de auditoria.

O hospital foi avaliado pela Instituição Acreditadora Credenciada IBES (Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde), os avaliadores apontaram a evolução da Santa Casa em busca da melhoria nos processos assistenciais e o cumprimento dos requisitos necessários para se tornar acreditado.

  A organização certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, tendo como foco principal a segurança do paciente. Sua metodologia de avaliação atende a padrões internacionais de qualidade e segurança. O manual de acreditação ONA é reconhecido pela ISQua (Sociedade Internacional pela Qualidade no Cuidado à Saúde, na sigla em inglês), instituição parceira da Organização Mundial da Saúde (OMS) e que tem entre seus membros especialistas e organizações de saúde de mais de 100 países.

Participaram do evento o provedor do hospital, Amauri Elias Calil, o prefeito municipal, Duarte Nogueira, o deputado federal, Baleia Rossi, o presidente da Mesa Administrativa, Fred Okubo, o superintendente, Dr. Marcelo Di Bonifacio, diretores, autoridades, médicos e convidados.

 

 

Santa Casa de Ribeirão recebe consultoria do hospital Albert Einstein

A Santa Casa de Ribeirão Preto está recebendo consultoria do hospital Israelita Albert Einstein, através do programa do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS). Na última semana um consultor esteve no hospital avaliando os processos do Centro Cirúrgico e as suas inter-relações com as áreas envolvidas.

A consultoria terá duração aproximada de seis meses, com o objetivo de melhorar os processos do Centro Cirúrgico realizados na instituição. O consultor especialista em projetos do Einstein, Gonzalo Torres, ficou a semana toda realizando um diagnóstico da área e posteriormente irá propor melhorias ao hospital, visando a maior do produtividade e excelência nos serviços prestados.

O PROADI é concedido aos hospitais filantrópicos de excelência reconhecidos pelo Ministério da Saúde, e que apoiam a promoção da melhoria das condições de saúde da população brasileira. O programa foi desenvolvido para colaborar com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), e é fundamentado na expertise dos hospitais de excelência que atua nas áreas de capacitação, incorporação de tecnologia, pesquisa e gestão em serviços de saúde.

Outra importante conquista da Santa Casa é o selo de Acreditação pela ONA (Organização Nacional de Acreditação). A certificação foi concedida ao hospital por atender aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais. A acreditação reforça o compromisso da instituição com a segurança dos processos administrativos e de assistência, e o aprimoramento contínuo da qualificação de pessoas e dos demais procedimentos, como resultado o atendimento de excelência e a segurança do paciente.