Santa Casa de Ribeirão Preto recebe doação de 15 mil máscaras cirúrgicas através da Fehosp e da CMB

A ação solidária que doou à Santa Casa de Ribeirão Preto 15 mil máscaras cirúrgicas, foi realizada por intermédio da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo) e da CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas), que juntas mobilizam empresas para ajudar hospitais e instituições filantrópicas no enfrentamento à pandemia causada pela Covid 19.

A doação foi realizada pela empresa Temasek Brasil Consultoria Participação Ltda e contou com suporte logístico da transportadora Brasiliense Cargo Ltda.

As máscaras chegam em um importante momento para a Santa Casa de Ribeirão Preto, o hospital, assim como outros do país, tem enfrentado dificuldades para a aquisição de insumos e equipamentos de proteção individual (EPIs), tanto pela escassez de produtos, como pelo alto preço.

A diretora administrativa da instituição filantrópica, Odete Mondini Guimarães, ressalta que as máscaras serão importantes para a proteção dos pacientes e profissionais. “A Santa Casa está mobilizada para oferecer a melhor assistência aos pacientes em tratamento da Covid 19. Esta é uma ação de solidariedade, é um momento de união de todos para o enfretamento do novo Coronavírus. Em nome da Santa Casa, agradeço a Fehosp e a CMB pela mobilização, e a Temasek e transportadora Brasiliense, pela iniciativa”, reforça.

Desde o início da pandemia, causada pela Covid 19, o hospital está se preparando para o enfretamento da doença. Setores foram reestruturamos, ambulatórios foram readequados e houve forte mobilização de recursos humanos, com treinamento e preparo das equipes. O hospital abriu 10 leitos de Terapia Intensiva exclusivo aos pacientes com Covid 19.

A Santa Casa de Ribeirão Preto é um hospital filantrópico, estratégico, referência regional no atendimento de alta e média complexidade (Ribeirão Preto e região), destinando mais de 70% do seu atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na foto, o responsável pelo almoxarifado, Márcio Martins, recebe as caixas com máscaras.