Santa Casa apresenta indicadores da implantação do Projeto Apice On, em São Paulo.

Representantes do grupo GEL (Grupo Estratégico Local), do Projeto Apice ON na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto, estão participando em São Paulo de um seminário sobre obstetrícia e neonatologia.
O encontro busca aproximar as equipes das unidades aderidas, possibilitando o reconhecimento de práticas e o panorama da região. Para isto, haverá exposição de experiências vivenciadas pelos grupos estratégicos locais na implantação de políticas de gestão, atenção, ensino e cuidado nos âmbitos do planejamento reprodutivo, violência sexual, parto e nascimento e abortamento, eixos norteadores do Apice ON.

A gestora de enfermagem da Santa Casa de Ribeirão Preto, Zuleica Parizi Beraldi, apresentou os indicadores do hospital, referentes as diretrizes do projeto Apice On.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Família de paciente homenageia Santa Casa

A advogada Laline Petrazzo surpreendeu a todos do hospital com uma homenagem em agradecimento ao tratamento prestado ao seu tio, Mauro Petrazzo de 74 anos. Ele ficou hospitalizado na Santa Casa de Ribeirão Preto por aproximadamente 20 dias, após sofrer complicações de saúde e precisar passar por hemodiálise diariamente. O paciente, proveniente do Sistema Único de Saúde (SUS), já recebeu alta e está em casa.

Segundo Petrazzo, a homenagem é uma forma de agradecer toda a dedicação da diretoria do hospital em proporcionar constantes melhorias aos pacientes. “A Santa Casa oferece um tratamento de excelência aos pacientes, não nos faltou absolutamente nada, o atendimento e a assistência foram primordiais na recuperação do meu tio”, afirma.

Ela ressalta que toda a equipe multidisciplinar foi fundamental no processo de recuperação do paciente. “Meu tio ficou hospitalizado pelo SUS, ele recebeu toda assistência necessária, assim como nossa família, só podemos agradecer a dedicação e o carinho de cada um, em especial o provedor, Amauri Elias Calil, o secretário, Fernando Toro Diaz, o superintendente, Dr. Marcelo Di Bonifacio, a diretora-administrativa, Odete Mondini Guimarães e o diretor técnico, Dr. Luiz Antônio de Araújo.

Santa Casa participa do 1º Fórum Somos SUS Tentáveis da Fehosp

A Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto participou, no dia 12 de março, em São Paulo, do 1 Fórum Somos SUS Tentáveis da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo. O evento que reuniu mais de mil profissionais da saúde. Várias Santas Casas do Estado de SP e hospitais Beneficentes promovem o debate sobre à atenção de saúde, atendimento, humanização e a importância dos indicadores para medição de resultados.

 

Santa Casa de Ribeirão Preto realiza primeira Jornada de atualização em Ombro e Cotovelo

A equipe de ombro e cotovelo da Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto realizou nos dias 16 e 17 de março, a primeira Jornada de atualização em Ombro e Cotovelo. Mais de 100 médicos de todo o estado participaram do evento que contou com a presença das principais referências nacionais no assunto.

A jornada teve como objetivo promover o debate entre especialistas em ortopedia e traumatologia de Ribeirão Preto e região, durante os dois dias os médicos apresentaram as mais recentes descobertas sobre as patologias do ombro e cotovelo, bem como das novas técnicas cirúrgicas realizadas no país e no mundo.

Ao todo foram dez palestrantes e 24 temas abordados. Entre eles os procedimentos por artroscopia, colocação de próteses e tratamentos de fraturas com técnicas minimamente invasivas e de alta complexidade.

De acordo com o médico ortopedista, preceptor da equipe de ombro e cotovelo da Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto, Dr. Lucas Queiroz Carvalho, o evento promoveu a atualização e o desenvolvimento científico, além de ter sido uma oportunidade para outros médicos conhecerem o trabalho realizado no hospital. “A Santa Casa de Ribeirão Preto possui especialistas em praticamente todas as áreas da ortopedia e traumatologia, atendemos em média 100 pacientes por dia, a jornada foi importante para colocar nosso serviço no cenário nacional, já que tivemos a participação dos principais especialistas do Brasil”.

Para o Dr. José Carlos Garcia Junior, médico ortopedista, especialista em ombro e cotovelo, do corpo clínico do hospital Sírio Libanês, é fundamental fomentar a especialização na área com o auxílio de novas tecnologias. “O evento foi uma oportunidade de troca de experiência entre os profissionais da área, discutimos o auxílio das novas tecnologias no tratamento das patologias do ombro e cotovelo”, disse.

Segundo o Dr. Américo Zoppi Filho, médico ortopedista, especialista em ombro e cotovelo, do Hospital das Clínicas de São Paulo, promover o evento no interior do Estado é fundamental. “Durante os dois dias de jornada tivemos a participação de excelentes profissionais, é um oportunidade para a troca de experiência e de conhecimento,” ressaltou.

Já o Dr. Eduardo Carrera, médico ortopedista, especialista em cirurgia do ombro e cotovelo, do hospital Albert Einstein, destacou a importância do evento cientifico no interior como oportunidade para os profissionais de outras regiões participarem e aprimorarem o conhecimento.

A jornada foi promovida pela equipe de ortopedia e traumatologia da Santa Casa de Ribeirão Preto, especializada em ombro e cotovelo. A comissão organizadora foi composta pelo Dr. Lucas Queiroz Carvalho, presidente do evento, pelo Dr. Marcelo Barato Agudo Romão, vice-presidente e pelo Dr. Emerson Canella Vallim, secretário geral. O evento foi realizado no hotel Mont Blanc e contou com a presença do Dr. Ildeu Afonso de Almeida Filho, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo (SBCOC).

Santa Casa de Ribeirão Preto entrega sala de observação na Unidade de Urgência e Emergência

A nova ala conta com 14 leitos e equipamentos de última geração

No dia 14 de fevereiro foi entregue a nova sala de observação masculina e feminina da Santa Casa de Ribeirão Preto, com 14 leitos. Esta é a 3ª e última etapa das obras de reforma da ala de Urgência e Emergência.

Segundo o superintendente do hospital, Marcelo Di Bonifacio, a conclusão da obra reforça o compromisso da Santa Casa em promover melhor qualidade no atendimento aos pacientes.

A obra tem um total de 670 m², incluindo a reforma da unidade de ortopedia e traumatologia, reforma da Unidade de Urgência e Emergência, construção de guarita de vigilância para o acesso das ambulâncias e de pacientes (já entregues à população), além de salas de atendimentos, sala de espera e farmácia satélite.

Ao todo foram investidos mais de 2,5 milhões de reais na construção e na aquisição de equipamentos.

A sala de observação respeita todas as normas da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e conta com médicos e enfermeiros 24 horas.

Apenas na Urgência e Emergência da Santa Casa são realizados mais de 1000 atendimentos SUS (Sistema Único de Saúde) mensalmente, além de 7000 mil atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento.